segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Meia Maratona Sevilha


Mais uma jornada espectacular dos Amigos do Vale do Silêncio, desta ver na Andaluzia durante a corrida da Meia Maratona Sevilha / Los Palácios e Vila Franca. 6 foram os atletas que participaram nesta excelente prova que se realiza anualmente e sempre uma semana antes das comemorações do Natal. Foi a 1ª vez que nos deslocámos para lá em total autonomia de meios de transporte, anteriormente tinha acontecido deslocarmo-nos de Autocarro, desta vez utilizámos meios próprios e está bom de ver que as coisas assim até funcionam a contento  e à vontade de cada um. Claro que os percalços acontecem sempre e quando menos se espera, mas quando se leva essas ocorrências para a paródia acaba por enriquecer o excelente convívio que tivemos oportunidade de partilhar nesta deslocação Internacional por terras de Espanha. Do Grupo 2 eram estreantes a fazer esta Meia Maratona: o José Rebocho e o Filipe Ramalho, os outros 4 já por lá tinham passado em anos anteriores: Joaquim Adelino, Hernâni Monteiro, Rui Pacheco e Luís Pedro, há última da hora o Paulo Portugal roeu a corda e enviou mensagem tardia a dizer que decidira não ir, claro que isto causou transtornos a quem se deslocou e os custos individualmente acabaram por subir, em frente... Partimos sem ter conseguido marcar Hotel mas íamos esperançados em conseguir arranjar dormida para a noite de Sábado. Por sorte encontrámos um Hotel (Santa Cruz) ali mesmo a 50 metros do local da chegada da prova a um preço muito acessível, um grupo de atletas de Madrid tinha desistido da prova e desmarcaram a reserva, chegámos na altura certa e tivemos direito a banho no final da prova, espectacular. Na véspera o GPS? pregou-nos a partida ao levar-nos por uma estrada, depois de Sevilha, que devia ir directamente para Los Palácios e encaminhou-nos para outra povoação que dista 13 kms daquela. Cá para mim o GPS nada tem a ver com aquilo, mas sim quem ia a ler o percurso a ter em conta e o seu ajudante que ia ali sentado à sua direita, eu como ia sentado no banco de trás não tinha voto na matéria e por isso quando lá chegámos parecia que estávamos em Los Palácios, puro engano e para agravar a situação o "ajudante" decidira  desligar o GPS???, voltas e mais voltas até que ouve alguém que nos disse que estávamos a 13 kms do nosso destino, e  zás mal lá chegámos foi logo à primeira, e depois a culpa foi do GPS...
Assinalamos mais 2 recordes pessoais na Meia Maratona neste grupo de atletas do nosso Clube que se deslocou a Sevilha, o Luís Pedro que trouxe o seu recorde para a 1,17,06h. e o Filipe Ramalho que o fixou em 1,39,48h. Os restantes realizaram a sua prova dentro aproximadamente das suas possibilidades actuais, destacando mesmo assim a prestação do Rui Pacheco que com a sua marca de 1,13,19h. conquistou um brilhante 19º na classificação geral e um honroso 6º lugar no seu escalão de Sénior.
Uma nota merecida e que gostaria de aqui deixar, o nosso "emprestado" João Vaz mais uma vez demonstrou a sua grande capacidade de atleta ao arrancar um 6º lugar da Classificação geral e o 1º lugar no seu escalão de mais de 40 anos.
Autor do texto
Estes resultados também se ficam a dever ás excelentes condições climatéricas onde predominava no início alguma frescura (como é hábito), uma leve brisa e o despontar do sol sem castigar ao longo de quase todo o percurso. De assinalar ainda a extraordinária recepção do povo de Los Palácios que mais uma vez veio para a rua e ao longo de 3 kms não se cansou de nos dar incentivos numa altura em que bem necessitamos.
Apesar da distância a percorrer para lá chegar, das dificuldades que o percurso nos oferece e pela hospitalidade e apoio que recebemos daquela gente devemos acarinhar e incentivar a deslocação de mais Amigos a conhecer uma prova que é e será sempre espectacular.

Resultados:
20º Rui Pacheco 1h13'57
56º Luís Santos 1h17'06
1523º Filipe Ramalho 1h39'48
1617º Hernâni Monteiro 1h41'31
2464º Joaquim Adelino 1h54'08
José Rebocho 2h08'16

2 comentários:

Amigos Vale Silêncio disse...

este fim de semana foi sem duvida excelente e para acabar o ano em beleza era conseguirmos bons resultados, individuais e colectivos na S.silvestre Olivais

ESTÓRIAS DE PORTUGAL disse...

Antes de mais, os meus parabéns pela prova e tempos alcançados. E acho que ninguém lava a mal se se disser o seguinte: o Paulo Portugal roeu a corda na véspera da partida porque não obteve qq resposta aos mails que enviou para obter informações sobre a viagem e estadia. Foi pena, mas há mais provas. Abraços