sexta-feira, 4 de maio de 2018

Porque hoje escrevo eu!!


“Hoje escrevo eu…

Sentimento Soltos…
Desafios… adoro bons desafios! E quando te desafiam para escreveres algumas linhas sobre algo que tu adoras? Vontade aguçada, palavras soltas, pensamentos livres… fantástico! Vamos a isto…
Hoje apetece-me escrever sobre vocês… Nós!
Não sei há quanto tempo pertenço a este grupo de amigos, não sei quantas provas já fiz com esta camisola vestida, não sei quanto tempo já despendi em treinos, mas tenho uma certeza: dou tudo o que tenho cada vez que a visto! 
Tenho na minha memória muitas provas…, mas o que fica para sempre são os momentos.
Momentos de conquistas pessoais e coletivas, momentos de alegria, superação, angustia sofrimento, dor, mas muita paixão. Paixão pela amizade e por estes momentos de partilha conjunta.
Questionam-me o que me move na persecução destes objetivos, destes devaneios, desta vontade. A resposta? A amizade que nos une!
Quem treina à chuva e à noite apenas porque quer se superar e atingir um objetivo comum aos seus amigos?
Quem no seu perfeito juízo faz uma prova de 50 km a praticamente 300 km de casa e com duas noites sem dormir? Tudo converge para uma situação comum: inicio de conversa informal, atira-se a ideia para o ar e quando damos conta somos uma equipa de mais de uma dúzia de pessoas com o mesmo propósito! (já agora, nunca pensei ser capaz de causar tantos danos ao desafiar-vos  para esta louca aventura) J.
Há alguns dias ouvi um desabafo de um amigo que entristecido, dizia sentir que fazia parte de um grupo que estava a ficar descaracterizado. Pensei, refleti mas não comentei! Pelo contrário, interiorizei e senti pouco tempo depois que não podia estar mais em desacordo. Este grupo tem carisma, força e muita união! Entradas e saídas de elementos fazem parte de qualquer organização ou grupo. Somos NÓS que fazemos este grupo, somos nós que fazemos os AVS.
Acreditem que não são palavras de revolta as que me surgem na mente, mas palavras de pertença. Este grupo também é meu, uma pequena parte… mas é meu!
Já deixei muito suor no alcatrão, gritos de revolta e algumas lágrimas durante muitas e longas provas. Sim, porque os homens também choram. Assim sendo, reclamo o meu espaço no grupo.
Tenho princípios dos quais não abdico e a amizade é um dos principais. Adoro ajudar o outro a atingir os seus objetivos. Adoro ver o sorriso de conquista nos lábios dos meus amigos, a alegria que emanam independentemente dos desafios coletivos e da disputa individual pois tudo é salutar.
Algo consigo prometer… nunca deixarei de fazer parte deste grupo de amigos. Nunca deixarei de fazer dos AVS ou jamais o substituirei por outro emblema na minha camisola!

Memórias? Várias e de todos os que já não estão connosco em vida, de elementos que embora distantes do meu olhar se encontram perto do coração (também estás aqui mano).
Não sou parco em palavras, mas neste momento os olhos entristecem-se, as lágrimas começam a surgir, mas o sorriso nos meus lábios, esse mantem-se.
Acima de tudo e todos os dias, recordo-me de todos vós e o que para mim significam.

Termino com um apelo: dignifiquem a nossa amizade e as cores deste clube e gritem em plenos pulmões quando nos virem nas ruas: “Força Amigos do Vale Silêncio!”


André Santos

11 comentários:

joaquim adelino disse...

Excelente André, pela minha parte sempre presente, abraço!

"Se não plantar, não nasce.
Se não regar, não cresce.
Se não amar, morre.
Assim são as plantas… assim são as pessoas."

Luis disse...

Muito bom mano!!
Parabéns a ti e a todos nós, AVS!!!

André Santos disse...

Obrigado amigo Joaquim!
Claro está que faz parte deste carácter que identifico nos AVS, na minha modesta opinião!
Um abraço e obrigado pela sua amizade.
André

André Santos disse...

...e porque me lembro de ti e da tua força a cada passada que dou...
Beijo brother 😘

Impressões disse...

Bravo!
Obrigado amigo André por tão maravilhosas palavras.
Adorei.
Leonel

André Santos disse...

Obrigado meu bom amigo!
Foram sinceras acima de tudo.
Um abraço

João Saldanha disse...

Amigo André, bonito texto que exprime o teu sentimento por este grupo AVS. Uma das coisa que me prendeu a este grupo foi a maneira como fui recebido e é como dizes saídas e entradas vai haver sempre mas aquilo que nos destingue fica e continua a dar cartas que é a amizade uns pelos outros. Obrigado pela forma que me recebeste e como me tens ajudado e incentivado a atingir oo meus objectivos e tambem aos restantes mmembro do nosso grupo. Abraço

Armando Almeida disse...

Também eu concordo que estamos a viver uma fase muito bonita dos AVS,depois de termos passado uma menos boa,mas que teve de bom mostrar que o nosso lema está vivo UMA VEZ AMIGO AMIGO PARA SEMPRE,André se todos dermos o melhor de nós, isto vai continuar a ser uma festa de companheirismo e alegria,apoio a 100% aquilo que parece ser a ideia,pôr todos os AVS a dizer como vivem e sentem o grupo.

André Santos disse...

É um gosto e um prazer ser teu amigo. Maior o gosto em ver-te crescer enquanto atleta. Estarei sempre deste lado para te Farnham sorriso e uma palavra de ânimo para que consigas atingir o teu objetivo. Forte abraço

André Santos disse...

Obrigado pelas simpáticas palavras. Desculpa qualquer sentimentalismo menos próprio, mas este sou eu...sou assim. É um orgulho correr este alcatrão contigo! Forte abraço

Milo disse...

Como um dos elementos que anda por aqui há já algum tempo fico muito feliz em ler estas lindas palavras.

Seguramente que quem saiu também ficou...pois uma vez Amigo, Amigo para sempre é o nosso lema.

Abraço Silencioso